quarta-feira, 28 de abril de 2010

Instituto de Cardiologia muda sistema de marcação de consultas para diminuir filas

Ontem, idosos chegaram a esperar mais de 11 horas para agendamento

Fonte: Site Zero Hora - 28 de abril de 2010.

O Instituto de Cardiologia acabou com as filas durante a madrugada para agendamento de consultas e exames pelo SUS. Após reclamações de pacientes ontem, quando centenas de pessoas ficaram várias horas esperando, a direção do hospital de Porto Alegre encontrou uma alernativa para amenizar o problema.

As senhas para marcação de consultas começaram a ser distribuidas à noite passada. Com isso, as pessoas não precisaram ficar esperando na fila. Com senha na mão, as puderam ir para casa e voltar no horário agendado para fazer a marcação de exames e consultas.

Quem veio do interior do Estado conseguiu acomodação no prédio do instituto.

Falta de informação provoca mais mortes por câncer de colo de útero

Levantamento do governo federal estima que 18 mil mulheres serão afetadas este ano

Fonte: Site Zero Hora - 27 de abril de 2010.

A desinformação é o maior obstáculo na luta contra o papilomavírus humano, o HPV. Além do câncer cervical, o HPV está associado a outros tumores malignos, como o anal, o de vagina, o de vulva e o de pênis e é responsável pelo surgimento de verrugas genitais, DST que registra 30 milhões de novos casos ao ano, em todo o mundo.

Estima-se que cerca de 5 mil brasileiras morram por ano devido ao desconhecimento dos sintomas e das formas de prevenção contra o HPV, afirmam especialistas. De acordo com um levantamento recente do governo federal, o número chegou a 4.812 mulheres mortas em 2008, vítimas do câncer de colo do útero – que, em 2010, deve afetar mais de 18 mil pessoas.

Há dois meses, dados da Organização Europeia de Pesquisa sobre Infecção Genital e Neoplasia, indicaram que existem, atualmente, 630 milhões de pessoas infectadas pelo HPV no mundo.

::: Como se prevenir

O preservativo e a vacina profilática são formas de proteção contra o HPV. Chamada de quadrivalente, por proteger contra os quatro tipos mais perigosos do vírus (6, 11, 16 e 18), a vacina tem eficácia de 99% no caso das verrugas genitais, e entre 96% a 99% para as lesões pré-cancerígenas no colo do útero.

No Brasil, o Sistema Único de Saúde não oferece a vacina contra HPV. O Ministério da Saúde criou um grupo de trabalho para analisar a inclusão da imunização na rede pública, mas, por enquanto, a recomendação é que sejam realizadas mais pesquisas.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Cientistas afirmam terem encontrado cura para o câncer de pele

Vacina testada por britânicos funciona em certos casos de melanoma

Fonte: Site Zero Hora - 11 de abril de 2010.

Uma vacina que está sendo testada no Reino Unido ajudou pacientes a se recuperarem completamente do câncer de pele, ainda que em estágios avançados. O tratamento ataca as células do turmo, deixando as células saudáveis sem danos, dizem os cientistas.

O médico Howard Kaufman, do Chicago's Rush University Medical Centre, disse que os estudos mostram uma "possível cura para alguns casos avançados de melanoma em pacientes" e com uma droga que traz reais benefícios.

– Isto irá salvar milhares de vidas por ano – afirmou.

Um estudo com 50 pacientes que tinham não mais que nove meses de vida, segundo os médicos, revelou que 16% dos casos se recuperaram completamente após a vacina. Eles já estão livres da doença há quatro anos.

A vacina deverá ser comercializada dentro dos próximos cinco anos.

Melanoma é o mais comum tipo de câncer entre jovens adultos de 15 a 34 anos no Reino Unido.

Com informações do Telegraph.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Moradores de São Leopoldo protestam contra fechamento de posto de saúde

Liminar do Tribunal de Justiça determinou a exoneração de 428 funcionários municipais sem concurso público

Fonte: Site Zero Hora - 5 de abril de 2010.

A saída de funcionários sem concurso público vai prejudicar o atendimento da prefeitura de São Leopoldo, no Vale do Sinos, a partir de hoje. Uma liminar Tribunal de Justiça (TJ) determinou a exoneração de 428 CCs, além de 144 funções gratificadas.

Como não houve acordo, o prefeito Ary Vanazzi (PT) deve demitir esses funcionários. Com isso, ficarão desativadas as secretarias ligadas ao serviço social. As consultas médicas agendadas também estarão suspensas, além de todo o atendimento como concessão de alvarás e licenças ambientais.

Apenas escolas, o Hospital Centenário e os postos de saúde de emergência estarão funcionando. A prefeitura pretende reorganizar o quadro de servidores ainda nesta semana. Neste momento, cerca de 70 moradores protestam contra fechamento do posto de saúde do bairro Scharlau.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Sibutramina passa da tarja vermelha para a preta

Medicamentos com a substância serão mais controlados no Brasil

Fonte: Site Zero Hora - 1 de abril de 2010.

Vai ficar mais difícil comprar os medicamentos que contêm sibutramina. Uma resolução da Anvisa na terça-feira muda a tarja dos medicamentos de vermelha para preta. Eles eram vendidos com receita branca (de controle simples – C1) e, agora, passam a ser comercializados com a receita azul (de controle especial – B2).

Reductil, Plenty, Saciette, Biomag, Vazy, Slenfig, Sibutran e Sigran são alguns remédios que contêm a substância. Segundo o endocrinologista Márcio Mancini, presidente do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Síndrome Metabólica, o consumo aumentou de 10 a 20 vezes depois que foi quebrada a patente do produto em 2007, ou seja, outras empresas foram liberadas a fabricar medicamentos com essa substância.

A decisão foi tomada pouco mais de dois meses depois de a Europa suspender a venda da substância, com base em um estudo que ligou o remédio ao maior risco cardíaco em pessoas propensas. As empresas detentoras de registro do medicamento terão 180 dias para mudar as bulas e as embalagens.

– A sibutramina foi colocada em uma nova categoria para evitar que prescrevam de maneira inadequada, pelo que foi publicado na Europa, em janeiro, que deixou de autorizar a prescrição e a comercialização por causa de um estudo que mostrou que os pacientes com alto risco cardiovascular pioravam tonando sibutramina – explicou o presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) em SC, Alexandre Hohl.

No caso de medicamentos incluídos na lista B2, só pode ser prescrita uma caixa por receita. Para Hohl, isso pode dificulta o tratamento da obesidade, que é uma doença crônica, obrigando o paciente a retornar todos os meses para pegar nova receita.

SC lidera o ranking de maior uso

Santa Catarina é o maior consumidor de sibutramina, substância usada em medicamentos para emagrecer e que passou a ter um controle mais rígido desde terça-feira. Especialistas dizem que há duas hipóteses para justificar os dados divulgados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa ): ou os catarinenses são muito preocupados com a imagem ou há um abuso na prescrição do remédio.

As informações, relativas a 2009, são do primeiro relatório do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC). Além da sibutramina, Santa Catarina está entre os que mais consomem anfepramona, femproporex e mazindol – anfetaminas usadas para emagrecer (veja infográficos ao lado).

Os númerosss são altos também porque há no Estado muitas farmácias e drogarias cadastradas no SNGPC. O estudo sugere um abuso na hora de prescrever a medicação. Entre os 10 médicos que mais receitam sibutramina, por exemplo, está um especialista em tráfego.

– O médico do tráfego avalia as condições dos pacientes que vão tentar uma carteira de motorista. Embora não seja proibido, não é coerente que um médico prescreva um medicamento que não está diretamente relacionado ao seu campo de atuação – explicou a farmacêutica Márcia Gonçalves, coordenadora do SNGPC.

Estética estimula o alto consumo

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) em Santa Catarina, Alexandre Hohl, o Estado não tem grandes problemas com a prescrição médica:

– Temos uma medicina consciente. Há um caso ou outro de maus prescritores. A maioria prescreve muito bem, até de outras especialidades.

Outra hipótese para o alto consumo do medicamento pode estar associada ao cuidado do catarinense com a imagem. Na Clínica Biocentro, em Florianópolis, cerca de 400 clientes procuram, todo mês, o endocrinologista Rodrigo Caldeira de Andrada Costa. O especialista calcula que de 30% a 35% estão interessados em emagrecer.

– Não sei por que Santa Catarina tem alto uso de medicamentos para emagrecer. Talvez porque a população esteja mais preocupada com a estética ou por ter um poder aquisitivo maior para fazer este tipo de tratamento – opinou.

A diretora Estadual de Vigilância Sanitária Raquel Bittencourt solicitou informações sobre os médicos, farmácias, drogarias e municípios que prescrevem o medicamento para planejar uma fiscalização. Os dados serão recebidos na semana que vem. Ela concorda com o endocrinologista Costa.

– Há muita prescrição do medicamento porque as pessoas estão muito preocupadas com a imagem.

A diretora lembra de um estudo para mostrar essa visão. Há quatro anos, uma pesquisa realizada em Florianópolis mostrou que quem menos receitava remédios para emagrecer eram os endocrinologistas, justamente o especialista no assunto.

Osteoporose precisa ser prevenida por mulheres a partir dos 40

Alimentação equilibrada e exercícios físicos previnem a doença

Fonte: Site Zero Hora - 1 de abril de 2010.

Nos próximos 15 anos, a população de idosos deverá dobrar de tamanho, saltando para 32 milhões de brasileiros. Com os avanços no diagnóstico e tratamento do câncer e das doenças do coração, a osteoporose se destaca como um mal silencioso que deve ser prevenido já a partir dos 40 anos, principalmente pelas mulheres.

De acordo com a doutora Maria Cecília Anauate, médica reumatologista do Hospital Santa Paula, de São Paulo, algumas das importantes recomendações para se preservar a saúde a partir da meia-idade são bastante úteis também na prevenção da osteoporose, como a prática regular de exercícios físicos e a adoção de uma alimentação balanceada.

– A atividade física regular eleva a densidade mineral óssea e diminui o risco de fraturas. Durante os exercícios, enquanto os músculos estão sendo contraídos, ocorrem também estímulos à formação óssea – diz a médica.

No idoso, os exercícios físicos não só reduzem a perda de massa óssea, como também auxiliam na prevenção de quedas, já que melhoram o equilíbrio, o padrão da marcha e a consciência espacial.

– Os exercícios de impacto e de fortalecimento muscular apresentam resultados mais positivos e devem ser realizados durante 30 minutos, pelo menos três vezes por semana.

A adoção de uma dieta balanceada também contribui para a manutenção e a renovação do tecido ósseo.

– Uma dieta ótima para prevenção e tratamento da osteoporose deve incluir ingestão adequada de calorias, cálcio e vitamina D. Todas as mulheres na pós-menopausa, por exemplo, devem consumir em torno de 1000 mg a 1500 mg de cálcio ao dia. De maneira simplificada, um  iogurte desnatado, um copo de leite, uma fatia e meia de queijo contêm cerca de 300 mg de cálcio cada. A suplementação de vitamina D também é recomendada, sendo muito importante a exposição regular ao sol para a síntese da vitamina D no organismo – diz a especialista.

A densitometria óssea continua sendo o método padrão-ouro para avaliar riscos de fratura. Cerca de 70% dos fatores de risco para osteoporose são fortemente influenciados pela genética. Mas os outros 30% estão relacionados a fatores ambientais e estilo de vida, podendo ser modificados.

– Como a doença é mais frequente em mulheres do que em homens, a população feminina pós-menopausa deve ser investigada sobre a existência de outros fatores de risco e situações que podem ser responsáveis por uma osteoporose secundária, como o uso de medicamentos corticóides, anticoagulantes, anticonvulsivantes, além de tabagismo, alcoolismo, risco elevado de quedas e sedentarismo – alerta a reumatologista.

Pesquisa diz que chimarrão pode reduzir taxa de colesterol e de triglicerídios

Biomédica de Novo Hamburgo defende os benefícios do mate

Fonte: Site Zero Hora - 1 de abril de 2010.

Apreciadores do chimarrão ganharam um novo argumento para defendê-lo na polêmica científica sobre os efeitos da bebida. Pesquisadores do Centro Universitário Feevale, de Novo Hamburgo, atestam que o mate, além de estimulante, faz bem ao coração.

O trabalho desenvolvido pela biomédica Rejane Giacomelli Tavares aponta que o uso de cem gramas de erva-mate por dia pode causar a diminuição de 29% nos níveis do colesterol e de 62% nos triglicerídios. Segundo a pesquisadora, quanto mais altos esses níveis, maior o risco de doenças cardíacas. A análise foi feita em ratos. Cobaias tratadas com um extrato semelhante ao chimarrão do gaúcho tiveram os indicadores reduzidos.

– Nós sabíamos que, quimicamente, a erva-mate é muito parecida com o chá verde que tem esses efeitos de diminuição. Queríamos saber se a erva-mate também tinha. Por terem uma semelhança química, elas poderiam mesmo ter essa relação – relata a pesquisadora.

Rejane considera a cultura gaúcha como um sinal de que a erva-mate funciona mesmo.

– O gaúcho, mesmo com o hábito da carne gorda do churrasco, não tem o índice tão alto de triglicerídios. Pode ter aí a influência do chimarrão – diz.

A pesquisadora alerta que para quem tem uma dieta normal o efeito pode não ser tão marcante. Ele foi feito direcionado a uma dieta específica. A eficácia também pode não ser a mesma para pacientes com altos índices de colesterol por disfunção genética e com uso controlado de medicação.

Com cuidado redobrado com a saúde após um susto em 2005, o comerciário Hélio Dirceu Fernandes, 62 anos, saúda os efeitos positivos da erva-mate que o acompanha a vida inteira.

– Tenho o chimarrão como um companheiro. Se apontam que ele é saudável, melhor ainda. Ele é meu vício. Se ele não me ajuda, pelo menos nunca me prejudicou – diverte-se.

Como foi o estudo

:: A análise foi feita em ratos de laboratório.

:: Durante um período de 30 dias, uma parte das cobaias consumiu uma dieta rica em gordura, açúcar e carboidrato, na base do chocolate, amendoim, bolacha e leite integral, misturada na ração padrão deles, enquanto um segundo grupo seguia sua alimentação normal.

:: Passados os 30 dias, os animais começaram a receber um extrato, via oral, semelhante ao chimarrão dos gaúchos, com erva-mate e água a uma temperatura de 70°C a 75°C.

:: Os animais foram tratados com extrato por 18 dias e em seguida tiveram as taxas de colesterol e triglicerídios medidas.

:: Quando chegou o resultado, os pesquisadores fizeram a constatação: os indicadores haviam diminuído.

Postagens Populares

Vídeos da Abrasus

Loading...

3º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2012

Abaixo, fotos do 3º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2012.



PALESTRA "TUBERCULOSE, CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS"

PALESTRA "TUBERCULOSE, CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS"

PALESTRA "FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA"

PALESTRA "FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA"

2º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2011

Abaixo, fotos do 2º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2011.

PALESTRA "CÂNCER DE MAMA: PREVENÇÃO, TRATAMENTOS E DEPOIMENTOS"

PALESTRA "CÂNCER DE MAMA: PREVENÇÃO, TRATAMENTOS E DEPOIMENTOS"

PALESTRA "FRAGILIDADE NA TERCEIRA IDADE"

PALESTRA "FRAGILIDADE NA TERCEIRA IDADE"

PALESTRA “DIABETE E SEXUALIDADE”

PALESTRA “DIABETE E SEXUALIDADE”
Evento realizado em 27 de outubro de 2011.

PALESTRA "CENTROS DE REFERÊNCIAS PARA DOENÇAS REUMATOLÓGICAS NO SISTEMA PÚBLICO"

PALESTRA "CENTROS DE REFERÊNCIAS PARA DOENÇAS REUMATOLÓGICAS NO SISTEMA PÚBLICO"
Evento realizado em 28 de setembro de 2011.

PALESTRA “HEPATITES”

PALESTRA “HEPATITES”
Evento realizado em 17 de junho de 2011.

Palestra "A Importância do Exercício Físico Para a Qualidade de Vida"

Palestra "A Importância do Exercício Físico Para a Qualidade de Vida"
Evento realizado em 7 de abril de 2011.

1º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2009-2010

Abaixo, fotos do 1º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2009-2010.

Palestra ABRASUS - O que "É" e O que "FAZ"

Palestra ABRASUS - O que "É" e O que "FAZ"
Último evento do 1º Ciclo de Palestras da ABRASUS 2009-2010, realizado em 25 de novembro de 2010.

Palestra "Atribuições da Defensoria Pública da União"

Palestra "Atribuições da Defensoria Pública da União"
Evento realizado em 30 de setembro de 2010.

Palestra "Fumo: As Razões da Abstinência"

Palestra "Fumo: As Razões da Abstinência"
Evento realizado em 5 de agosto de 2010.

Palestra "Proteja-se Contra o Câncer"

Palestra "Proteja-se Contra o Câncer"
Evento realizado em 27 de maio de 2010.

Palestra "Assistência à Saúde Mental Pelo SUS"

Palestra "Assistência à Saúde Mental Pelo SUS"
Evento realizado em 25 de março de 2010.

Palestra "Cuidadores de Idosos"

Palestra "Cuidadores de Idosos"
Evento realizado em 19 de novembro de 2009.

Mais Eventos

Abaixo, fotos de outros eventos realizados pela Abrasus e eventos que contaram com a participação da Entidade.

ABRASUS em nova sede

ABRASUS em nova sede
Evento realizado em 25 de maio de 2009.

Iara Trovão - Presidente à época - apresentando a Associação.

Entrevista com o Vereador Reginaldo Pujol.

Entrevista com Ivo Fortes - Conselheiro Suplente da ABRASUS.

ABRASUS vai a Natal - RN em dez/2008

ABRASUS vai a Natal - RN em dez/2008
Reunião com Associações congêneres no Hospital Psquiátrico Prof. Severino Lopes.

Iara Trovão - Presidente à época - apresentando a Abrasus.

Público que prestigiou o evento.

Dra. Rosane Rempel apresentando o Jurídico da Abrasus.

Presidente do Sindisaúde de Natal comentando sobre o evento.